FAQs

Dúvidas Frequentes


O objetivo desses equipamentos é melhorar o condicionamento cardiovascular. Todos possuem programas específicos ou você poderá optar pela regulagem personalizada.

ESTEIRA

É o mais funcional dos equipamentos, pois é o aparelho que permite o exercício que mais se aproxima das nossas atividades diárias – caminhar / correr. Possibilita o aumento da velocidade e da inclinação, aumentando a dificuldade de execução do exercício.

BICICLETA

Tão boa quanto a esteira para melhorar o condicionamento cardiovascular com a diferença que não simula uma atividade realizada diariamente pela maioria das pessoas. É considerado um exercício de baixo impacto, indicado para gestantes, idosos, pessoas acima do peso e com problemas de coluna. Contudo aqui também prevalece o bom senso, gestantes de risco e indivíduos obesos que não se adaptam ao selim não devem utilizá-la. A bicicleta permite o aumento da carga, simulando subidas. Apresenta um controle de RPM (rotações por minuto) para facilitar o controle da velocidade. É desaconselhável pedalar com cargas muito leves, quando a bicicleta “leva o seu pé”.

ELÍPTICO

É o menos funcional dos equipamentos, uma vez que no nosso dia a dia não realizamos esse tipo de movimento. É o equipamento com o menor risco de leões. O movimento é como se estivéssemos flutuando. Semelhante à bicicleta é possível controlar a sobrecarga e as rotações executadas.

Se você não está nos grupos contra indicados, se não está fazendo um treinamento específico e melhor é aquele que você se sente bem!!! Lembre-se que o melhor da atividade física é seu bem estar!

Ambos devem ser partes essenciais de todos os programas de treino. “O aquecimento é tanto mais indispensável quanto mais intenso for o esforço físico”.

O principal objetivo do é preparar o organismo para a atividade física, seja em treinos, em competição ou em lazer.

Também tem um papel importante na prevenção de lesões. O retorno á calma garante que o retorno venoso ao coração é mantido em quantidades significativas de sangue dos músculos que trabalharam anteriormente.

De uma forma geral poderá estar dividido em duas partes: o geral deve possibilitar o funcionamento ativo do organismo como um todo. A corrida é um bom exemplo. O específico utiliza exercícios para uma determinada atividade/modalidade desportiva. Os exercícios devem utilizar a musculatura exigida no desporto que será feito em seguida.

Principais objetivos:

– Obter um aumento da temperatura corporal, da temperatura da musculatura e preparação do aparelho cardiovascular e pulmonar para o desempenho da atividade.

– Elevar a temperatura corporal, pois ao atingir a temperatura ideal, as reações importantes para o desempenho motor ocorrem nas proporções adequadas para aquela determinada atividade.

– O aumento da irrigação dos tecidos garante um melhor suprimento de oxigênio e substratos aos tecidos.

– Quando o metabolismo está alto, torna as reações químicas mais rápidas e eficientes.

– No lado preventivo, o aumento da temperatura resulta numa diminuição da resistência elástica e da resistência do atrito.

– A musculatura, os ligamentos e os tendões tornam-se mais elásticos, tornando-se menos susceptíveis a lesões ou rupturas.

– Existem também modificações importantes ao nível das articulações. As articulações aumentam a produção do líquido sinovial – líquido que fica dentro das articulações – tornando-se mais resistente à pressão e a força.

A plataforma vibratória baseia-se em repetir um estímulo sobre os músculos, tendões e ligamentos, o qual gera uma resposta de contração imediata, sem sobrecargas. Adotando diferentes posturas potencia-se o exercício em determinadas partes do corpo, sem esforço. Os músculos são oxigenados e consegue-se queimar a gordura corporal. A frequência de vibração se refere à taxa de repetições dos deslocamentos, por isso ela é medida em Hertz (Hz), ou seja, em ciclos por segundo. Como exemplo, quando a plataforma vibra com amplitude de 3mm ao redor de um ponto (um eixo) e esse deslocamento se repete de 50 a 60 vezes em 1 segundo (1s), assim podemos afirmar que 15 minutos de plataforma representa 1 hora de musculação, por isto de não fazer mais do que 15 minutos por dia e fazer um descanso obrigatório de 48 horas a cada sessão de treinamento. As plataformas vibratórias não devem ser confundidas com a ginástica passiva nem com os eletros-estimuladores, já que os princípios em que se baseiam e a tecnologia utilizada são completamente distintos.

BENEFÍCIOS E RESULTADOS

  • Potencializa os resultados do treino convencional;
  • Aumenta densidade óssea (tratamento eficaz para osteoporose);
  • Reduz gordura visceral e subcutânea; Melhora tônus muscular;
  • Reduz colesterol e excesso de gordura no corpo;
  • Fortalece e faz tratamento de dores e rigidez nas articulações;
  • Estimula o funcionamento do intestino;
  • Aumenta o metabolismo basal auxiliando na redução do peso corporal;
  • Aumenta força muscular;
  • Acelera a recuperação pós-esforço;
  • Aumenta a velocidade de reação;
  • Alongamento muscular; Melhora da coordenação muscular;
  • Melhoramento do sentido de equilíbrio (labirintite) Incrementa o ritmo do metabolismo de repouso e por isso aumento do consumo calórico diário;
  • Recupera a massa magra; Redução da gordura corporal;
  • Regeneração do tecido cartilaginoso Aumento da força explosiva.

Além de trabalhar os músculos da perna, trabalha o peitoral, deltoide, bíceps e tríceps;

Como os pés ficam sempre em contato com o aparelho as chances de lesões nos joelhos e nos tornozelos são mínimas;

A sensação de esforço é menor quando comparado à esteira;

Há menor pressão sob os quadris e coluna;

Pode-se variar o treino ao controlar a intensidade, foca o exercício no quadríceps ao soltar a barra e fazer o exercício no modo reverso, levando os pedais para trás.

Por todos estes benefícios pode-se dizer que o elíptico é mais indicado para quem está muito acima do peso, que não tenha um bom condicionamento físico e para os que estão recuperando-se uma alguma lesão, mas não querem deixar de malhar.